quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Adiada a Bienal do Livro de Natal

O maior evento literário do Rio Grande do Norte - a Bienal do Livro de Natal - está fora do calendário cultural deste ano por causa do "atraso da revisão da Lei Rouanet", segundo o organizador Salustiano Fagundes. Agendada a sua quinta edição para o próximo mês de setembro, na reunião com livreiros e patrocinadores realizada em março, a nova data da Bienal será decidida na próxima semana e é pouco provável que ainda possa ser realizada neste ano.
Para Salustiano Fagundes, os incentivos conseguidos com as três leis (Rouanet, federal, Câmara Cascudo, estadual, e Djalma Maranhão, municipal), somam R$ 900.000,00 mas são apenas incentivos concedidos, e a Bienal ainda consegue captar recursos que permitem o acréscimo de mais 30% ou 40% sobre esse valor dos incentivos para a realização do evento.
"Infelizmente a literatura é um segmento pouco valorizado e sem um dos patrocínios importantes, como a Lei Rouanet, é inviável tocar o evento", lamentou o organizador da Bienal.
A Bienal consegue reunir mais de 100 mil visitantes e dezenas de expositores locais e nacionais durante dez dias do evento. "Mexe, realmente, com a economia do mercado editorial local", assegura Fagundes.

__________________________________
(Transcrito da Agência Sebrae de Notícias
- http://asn.interjornal.com.br )

Nenhum comentário: