quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Dalila Teles Veras e o Recife

Coração de poeta não falha.
Retrata o Recife
com a sua doce e emocionada fala
e o Recife não dói
fica mais eterno
na sua prosa e no seu verso.


JUAREIZ CORREYA

(Recife, 29/agosto/2009)

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá, meu caro Juareiz
Fico muitíssimo honrada em ser tratada no seu blog com tamanha generosidade. Quando escrevi essas croniquetas para ilustrar as fotos que postei no meu blog não acreditei que teriam fôlego para sobreviver sem as fotos. Só mesmo a leitura generosa é que as faz sobreviver assim, autônomas. Chego mesmo a acreditar que o poeta tem razão quando diz que "coração de poeta não falha" (será?)
Gratíssima. Homenageava eu o Recife e agora sinto-me homenageada.
abraço da
dalila teles veras