quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

A FRATERNIDADE POÉTICA DE DOM HELDER CAMARA E CARLOS PENA FILHO (2)

"nem estas crianças feitas
de farinha e jerimum
e a grande seca que mora
no abismo de cada um"
(CARLOS PENA FILHO,
em "Memórias do Boi Serapião")



CRIANÇAS FEITAS DE FARINHA E JERIMUM
HOMENS DE AÇO,
COZIDO
NO SOL NORDESTINO.
INTELIGÊNCIA VIVA
BEBIDA NA LUZ INTENSA
QUE CAI DO CÉU.
DECISÃO
DE QUEM TEM DE ARRANCAR DA TERRA
CADA GOTA D'ÁGUA.
TEIMOSIA
DE QUEM ESPERA
CONTRA TODA A ESPERANÇA...

Dom Helder Camara
(Recife, 5,6/12/1970)

.............................................




"é que não se espera a morte
pois se está sempre a morrer"
(CARLOS PENA FILHO,
em "Memórias do Boi Serapião")


SEMPRE A MORRER E SEMPRE A NASCER...
CADA DIA QUE PASSA,
CADA SOL QUE SE PÕE,
CADA DESPEDIDA
SÃO SINAIS DE TERRA PRÓXIMA
E DE DESEMBARQUE À VISTA...

Dom Helder Camara
(Recife,5,6/12/1970)

.................................



"sem antes e sem depois.

um cemitério sem corpos
ou um leito de mar, sem mar."
(CARLOS PENA FILHO,
em "Fazenda Nova")



BATIDA PELA VIDA
TU TE FECHAS AO AMOR
QUANDO TENS
RESERVAS IMENSAS DE CARINHO.
A IMPRESSÃO QUE DÁS
É A DE UM LEITO DE RIO
SEM RIO,
A DE UM LEITO DE MAR
SEM MAR...
ROMPAM-SE AS BARREIRAS
HAVERÁ CHEIA NO RIO
E O MAR TRANSBORDARÁ...

Dom Helder Camara
(Recife, 5,6/12/1970)


..................................


"entrar no acaso e amar o transitório"
(CARLOS PENA FILHO,
em "A solidão e sua porta")


FILHO DO ABSOLUTO, AMO O RELATIVO
VOCAÇÃO DE ETERNIDADE,
QUE SERIA DE MIM
SE NÃO MARCHASSE PARA O ETERNO
ATRAVÉS DO EFÊMERO !?...
E HÁ EFÊMERO
DESLIGADO DA ETERNIDADE ?
E HÁ RELATIVO
SEM RAÍZES NO ABSOLUTO !?...

Dom Helder Camara
(Recife, 5,6/12/1970)



____________________________________________
CARLOS (SOUTO) PENA FILHO
- Nasceu no Recife,PE, em 17 de maio de 1929.
Advogado e poeta, publicou seu primeiro livro
em 1952 (O TEMPO DA BUSCA). Em 1955 publica
MEMÓRIAS DO BOI SERAPIÃO, com ilustrações de
Aloísio Magalhães. A VERTIGEM LÚCIDA, seu
próximo livro de poemas, vem à luz em 1958.
No ano seguinte, tem toda a sua obra reunida
no LIVRO GERAL. Em 1983, seu biógrafo Edilberto
Coutinho publicou a antologia OS MELHORES
POEMAS DE CARLOS PENA FILHO. O poeta foi também
letrista, sendo o seu maior sucesso na música
popular a canção "A mesma rosa amarela", em
parceria com o conhecido compositor pernambucano
Capiba. Morreu precocemente aos 31 anos de idade,
em 1o. de julho de 1960, vítima de acidente
automobilístico. Carlos Pena Filho é considerado
um dos maiores poetas pernambucanos, pela intensa
visualidade e musicalidade dos seus versos.



DOM HELDER(PESSOA)CAMARA
- Nasceu em Fortaleza, CE, em 7 de fevereiro de 1909.
Bispo católico, teólogo e Arcebispo Emérito de Olinda
e Recife, tornou-se um corajoso e incansável defensor
dos direitos humanos durante a ditadura militar que se
seguiu ao golpe de 1964. Foi um dos idealizadores de
uma igreja participativa socialmente, a favor dos pobres
e contra a violência, tendo suas idéias divulgadas
amplamente entre o clero da América Latina e da África
do Sul. Com grande capacidade de articulação, teve
forte participação no Concílio Ecumênico Vaticano II
e foi também um dos fundadores da Conferência Nacional
dos Bispos do Brasil - CNBB, tendo recebido, por sua
atividade eclesiástica, diversos prêmios nacionais e
internacionais. Foi, ainda, o único brasileiro a ser
indicado quatro vezes para receber o Prêmio Nobel da
Paz. Morreu em 27 de agosto de 1999, no Recife.

Um comentário:

Gerusa Leal disse...

Fantástico esse diálogo.