sexta-feira, 9 de abril de 2010

SEQUÊNCIA, de Eunice Arruda





o mendigo olha as
chagas de Cristo


piedosamente


toca o vermelho
-ombro de
Cristo -


piedosamente


pousa depois
as mãos no
sujo
do
próprio ombro


piedosa/mente



(transcrito do blog
POETA EUNICE ARRUDA
(http://poetaeunicearruda.blogspot.com)



_________________________________________

EUNICE ARRUDA - Nasceu em São Paulo (SP).
Pós-graduação em Comunicação e Semiótica
pela PUC-SP. Prêmio no Concurso Pablo
Neruda, organizado pela Casa Latinoamericana,
Buenos Aires, Argentina, 1974.
Presença em antologias poéticas publicadas
no Brasil, Uruguai, Colômbia, França, Estados
Unidos, Canadá. Já participou da diretoria
da União Brasileira de Escritores (UBE-SP)
e do Clube de Poesia de São Paulo. Ministra
oficinas de criação poética desde 1984.
Vários livros de poesia publicados a partir
dos anos 60 do século passado. Prêmios e
homenagens em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: