sábado, 16 de outubro de 2010

A INTOCÁVEL BELEZA DO FOGO, de Geraldino Brasil

O livro inédito A INTOCÁVEL BELEZA DO FOGO, do poeta alagoano/pernambucano Geraldino Brasil, que viveu muito tempo no Recife, onde faleceu em fevereiro de 1996, será lançado pela Companhia Editora de Pernambuco - CEPE / Secretaria da Casa Civil / Governo de Pernambuco, na próxima terça-feira, dia 19 deste mês, no auditório da Livraria Cultura (Rua Madre de Deus, s/n, Recife Antigo), às 19 horas, com palestra do poeta e ficcionista pernambucano Fernando Monteiro.

Geraldino Brasil é pseudônimo de Geraldo Lopes Ferreira, nascido, no ano de 1926, em Atalaia (AL). Mudou-se para o Recife nos anos 50 do século passado. Funcionário público federal. Publicou, entre outros, em edição do autor, os seguintes livros de poesia : ALVORADA (1947), CORAÇÃO (1956), POEMAS INSÓLITOS E DESESPERADOS (1972), CIDADE DO NÃO (1979),SONETOS DE SOL (1979), BEM SÚBITO (1986), TODOS OS DIAS, TODAS AS HORAS (1987/1989), LIVRO DE SEXTINAS (1992), SEXTINAS DE SOL (1995), POEMAS DESENTRANHADOS - Das prosas de Dostoievski, Euclides da Cunha, Guimarães Rosa e Fernando Monteiro (1995). O seu livro POEMAS (Ediciones Tecer Mundo, Bogotá, Colômbia, 1982), traduzido pelo poeta Jaime Jaramillo Escobar, tornou o poeta mais conhecido na Colômbia, na Venezuela e no Uruguai, do que no Brasil.

Nenhum comentário: