terça-feira, 16 de agosto de 2011

NOVA DIDÁTICA PARA LEITURA HOJE, de Juareiz Correya





Os livros digitais
são florestas sem árvores cortadas
papel nunca branco apergaminhado sulfite offset pólen cuchê
páginas sem impressão tinta cheiro de oficina
corpo inteiro sem cortes e medidas
que não se suja se empoeira se rasga se dilacera e se queima
pele sem tecido algodão plástico impressão gráfica
objeto tátil volume não-físico sem dimensão incolecionável em prateleiras móveis metálicos e antigos
são outros livros novos livros inimagináveis livros desde a Gênese do Livro
são os mesmos frutos da imaginação e da iluminação do interior dos homens
uma invenção que se reinventa com o futuro nas mãos
um toque um clique e tudo o que é possível
ser luz além da vida dos tempos e dos espaços do Século 21




(Santo Amaro, Recife, 15/agosto/2011)

Nenhum comentário: