quinta-feira, 24 de novembro de 2011

AGENDA CULTURAL : "POESIA VIVA DO RECIFE" (Abel Menezes Filho)




RECIFE

(fragmentos)



I

Também sonhei venezas
Minha cidade 
Rios canais limpos navegáveis 
Claridade ruas sem miséria 
Descalço pisar pedras polidas 
Geométricas 
Casas velhas memórias 
Calor fêmea envolvendo todos 
Torpor timoneiro 


XI

Aprendiz 
Minha cidade 
Vazia tantas vezes cheias 
Revolta só memória 
Lutas libertárias 
Caneca zumbi poetas 
Noturnos maracatus 
Despertam mesmice 
Deixem dormir veneza 
Provoquem revoltem Recife 


(da antologia POESIA VIVA DO RECIFE,
organizada por Juareiz Correya)


_________________________________________________
ABEL MENEZES FILHO - Médico, poeta, contista 
e ensaísta. Nasceu em Caruaru (PE) e vive atualmente 
no Recife, onde concluiu estudos universitários e trabalha.
Publicou DELÍRICA DANÇA (poesia e prosa).


Um comentário:

Anônimo disse...

Prezado Abel Encontrei-o na INTERNET, pois na vida real tem sido impossivel. Estou apressado. Ligue para mim. Abraço do amigo Frederico Monternegro 6196368265