segunda-feira, 15 de julho de 2013

A PALAVRA DE HERMILO BORBA FILHO (3)






Não quero ser responsável pela morte de um só homem 

"Sou um homem do meu tempo, com as dores e as alegrias da minha época. Sou um romancista comprometido com o homem, com o bem e o mal, com as misérias do homem.  Prefiro não criar, nesta fantástica época em que vivemos, um universo mítico. Por omissão, os nazistas mataram cerca de 6 milhões de judeus.  Eu não quero ser responsável pela morte de um só homem. Por isto minha literatura grita, grita à sua maneira, mas grita."  (Revista ELE ELA, São Paulo, SP, 1974) 


Escritor maldito e censurado  

"Justamente porque a liberdade e a dignidade do homem estão em crise é que disponho da única arma que tenho - minha ficção - para combater a intolerância sob qualquer aspecto em que se apresente.  Quanto mais sufoquem a liberdade e a dignidade mais devemos gritar por elas.  Não é em vão que se proíbe um romance meu, digamos, na Argentina. E que meus livros, de modo geral, não sejam tolerados na Biblioteca oficial de não sei de onde..." (Entrevista para a Revista VEJA, São Paulo, SP, no final de 1975. Censurada em várias partes, Hermilo não permitiu que a revista divulgasse a sua entrevista com os cortes da Censura.  Texto divulgado, na íntegra, no livro A PALAVRA DE HERMILO, Cepe, Recife, PE, 2007) 


Amadorismo X Profissionalismo 

"Não se pode ficar na infância o tempo todo e o amadorismo é uma infância, quando não, em muitos casos, uma atrofia e até mesmo uma arapuca. Explora-se muito o amadorismo por este país afora. Eu, pessoalmente, não acredito em nenhuma arte amadora, principalmente o teatro a que se deve dedicar todos os instantes da  vida"  (Jornal MOVIMENTO, São Paulo, SP, 1976) 


Como surgiu o Teatro Popular do Nordeste  

"Reunimos oito pessoas : Ariano Suassuna, José Carlos Cavalcanti Borges, Gastão de Holanda, José de Morais Pinho, quase todos do antigo Teatro do Estudante, Aldomar Conrado e Leda Alves, estes dois então alunos do curso de teatro, Capiba e eu.  Fundamos o TPN que, nessa primeira fase, tinha os mesmos propósitos do Teatro do Estudante.  Quer dizer : autores clássicos e nordestinos."  (Gravação do SNT - Serviço Nacional do Teatro, Recife, 1970 / SUPLEMENTO CULTURAL, Diário Oficial de Pernambuco, Recife, PE, 1996) 


___________________________________________
Trechos de entrevistas concedidas pelo escritor  
Hermilo Borba Filho e reunidas no livro 
A PALAVRA DE HERMILO, organizaçao de  
Juareiz Correya e Leda Alves, com prefácio 
de Ricardo Noblat. 
(Companhia Editora de Pernambuco - CEPE / 
Secretaria da Casa Civil / Governo de Pernambuco, 
Recife, PE, 2007) 

Nenhum comentário: