quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Silas Correa Leite : "O Poema Sujo de Ferreira Gullar"





          "Ferreira Gullar do Poema Sujo tirou sangue-e-vida (e luz ?) de trevas.  Se o poeta é um mundo encerrado no homem (Victor Hugo), o Poema Sujo de Ferreira Gullar é um homem libertado no poema mais visceral e por isso mesmo contundente, verdadeiro, dolorosamente verdadeiro.  Garimpeiro, ourives, esse é o Ferreira Gullar.  Ideias e palavras. Poema como um organismo vivo.  O Poema Sujo de Ferreira Gullar é um dos melhores poemas escritos em LÍNGUA BRASILEIRA."   

          (Silas Correa Leite, poeta e jornalista /  São Paulo, 2014) 

Nenhum comentário: