quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

AMERIC'AMAR, de Carlos Seixas








Minha'América 
herege no ar 
veste a roupa 
vem cá bailar  


Mostra a raça 
esteio deste nome 
fome do teu ardor  


E o sonho 
se realizar 
quero o mundo 
a te amar  


Ereta a forma 
ao te esculpir 
o sonho 
em realidade 
há de vir     



_________________________________________________
CARLOS SEIXAS me enviou este poema, 
 há poucos dias, com a informação 
de que é "baseado em Americanto Amar 
América", meu poema lançado no Recife em 1975.
O poeta é amazonense, de Manaus, 
e vive há um bom tempo no Recife, onde estudou
 na Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. 
Escreve poesia há mais de 30 anos.  

Nenhum comentário: