quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

ATLÂNTIDA, de Dóris Gibson




Marés virão.
Altas marés,
que quase tudo
hão de cobrir.
Esta cidade
sob rios e mares
construída,
partirá com as marés;
assim rezam as profecias.
E um dia
os descendentes dela
ouvirão falar como de Atlântida :
uma saudade sepultada sob as águas.




(do livro inédito
REVERENCIANDO CASARÕES
-PREITO DE AMOR AO RECIFE)


_________________________________________

DÓRIS GIBSON - Nasceu no Recife e vive
hoje em Olinda. É jornalista. Poemas
divulgados em jornais e publicações
alternativas brasileiras. Incluída na antologia
POESIA VIVA DO RECIFE (Companhia Editora de
Pernambuco - CEPE, Recife, 1996).