sexta-feira, 8 de julho de 2016

"SEMANA HERMILO 2016" : HOJE É DIA DO 99o. ANIVERSÁRIO DE NASCIMENTO DE HERMILO BORBA FILHO !






Banner do espetáculo teatral 
"A GLORIOSA VIDA E O TRISTE FIM 
DE ZUMBA SEM DENTE", adaptação de um 
conto de Hermilo (com direção de Carlos Carvalho) 



     Nascido em Palmares, PE, no dia 8 de julho de 1917, o escritor Hermilo Borba Filho, se vivo estivesse, completaria hoje o seu 99o. aniversário de nascimento.  Faleceu no Recife, em junho de 1976.  O dramaturgo, contista, romancista, cronista, tradutor, pesquisador da cultura popular, professor universitário e animador cultural Hermilo Borba Filho, publicado nacionalmente e traduzido na Argentina e na França, "ficou para semente", como ele mesmo dizia. Em sua homenagem foi criada a Fundação Casa da Cultura Hermilo Borba Filho, da Prefeitura Municipal dos Palmares, em 1983, e criado também o Centro de Formação e Pesquisa das Artes Cênicas Apolo-Hermilo (Teatro Hermilo Borba Filho e Teatro Apolo, em 1988, da Prefeitura da Cidade do Recife, 

     Desde o ano de 2002 o Centro Apolo-Hermilo vem realizando, no mês do seu aniversário, a SEMANA HERMILO, que, neste ano de 2016, apresenta, de hoje (dia 8) a domingo (dia 10), o espetáculo teatral A GLORIOSA VIDA E O TRISTE FIM DE ZUMBA SEM DENTE, adaptado do conto "O Traidor" (da trilogia de contos de Hermilo - "O General Está Pintando", "Sete Dias a Cavalo" e "As Meninas do Sobrado"). A adaptação do conto e a direção do espetáculo são de Carlos Carvalho, um experiente conhecedor e divulgador da obra de Hermilo no teatro, com adaptações criativas dos seus contos e novelas.   

       (Texto de Juareiz Correya) 

quarta-feira, 6 de julho de 2016

"SEMANAS DE HERMILO", PARA SEMPRE





HERMILO BORBA FILHO 
E A DRAMATURGIA : 
DIÁLOGOS PERNAMBUCANOS  
(capa) 
Edição : Prefeitura do Recife /
Secretaria de Cultura / 
FCCR, Recife, 2010 


          " (...) 
          Além de livros do próprio Hermilo, lançados em reedições e edições póstumas, a própria SEMANA tem gerado publicações que documentam a sua realização (a exemplo deste livro, "dialogado" na SEMANA 2009, organizado por Lúcia Machado / grifo nosso), num ato contínuo do espírito criativo da nossa terra a que o próprio homenageado inspira.   

          A edição deste HERMILO BORBA FILHO E A DRAMATURGIA : DIÁLOGOS PERNAMBUCANOS é mais um fruto da SEMANA HERMILO.  O projeto de Luís Augusto Reis amplia e enriquece a realização desse acontecimento cultural e compromete, vivamente, um segmento artístico e cultural pernambucano com a obra de Hermilo Borba Filho. O múltiplo Hermilo, com todos os seus caminhos, permanece vivo nas SEMANAS realizadas em sua homenagem.  Resta apenas que Palmares volte a vivenciá-las também e que, nos próximos anos, mais estados do Nordeste e das outras regiões brasileiras sejam integrados ao roteiro das SEMANAS HERMILO, uma lição de vida verdadeira que merece ser mais conhecida, admirada e aplaudida pelas novas gerações."  

(Fragmento de um  texto, apresentado no livro, de Juareiz Correya, ex-presidente da Fundação Casa da Cultura Hermilo Borba Filho, da Prefeitura Municipal dos Palmares, PE). 

segunda-feira, 4 de julho de 2016

SEMANA HERMILO 2016 (Centro Apolo-Hermilo, Recife Antigo)





O Centro Apolo-Hermilo realiza, anualmente,
a SEMANA HERMILO, em homenagem ao  escritor
Hermilo Borba Filho, 
no mês do aniversário do seu nascimento (julho).   


Neste mês de julho de 2016 a SEMANA HERMILO festeja o 99o. aniversário de nascimento 
do escritor pernambucano Hermilo Borba Filho, nascido em Palmares, no dia 8 de julho de 1917 e falecido no Recife em junho de 1976.   

A SEMANA HERMILO  2016  ocorre a partir desta terça-feira (dia 5/07) até domingo (dia 10/07), 
sempre às 19h30m,  no Teatro Hermilo Borba Filho, localizado no bairro do Recife Antigo 
(próximo da Prefeitura do Recife). 


     PROGRAMAÇÃO

    Terça (dia 5) 

    Abertura : 
    - Participação da Secretária de Cultura, e viúva do escritor, Leda Alves. 

    - Núcleo de Formação de Rabequeiros de Pernambuco : 
   Espetáculo "A ENCHENTE", adaptado livremente  do conto homônimo de Hermilo pela diretora Flávia Pinheiro, como resultado do projeto "O Solo do Outro".  


    Quarta (dia 6) 

     - Cavalo Marinho Estrela de Ouro, do Mestre Biu Alexandre. 


     Quinta (dia 7) 

     - Grupo Magiluth, com o espetáculo LUIZ "LUA" GONZAGA. Direção de Pedro Vilela    


    Sexta (dia 8) a Domingo (dia 10)  

    - Espetáculo "A GLORIOSA VIDA E O TRISTE FIM DE ZUMBA SEM DENTE". 
Baseada no texto "O Traidor", de Hermilo Borba Filho, a montagem tem direção e adaptação de Carlos Carvalho, também diretor do Centro Apolo-Hermilo, e direção musical de Juliano Holanda.