domingo, 24 de junho de 2012

JUNHO (fragmento), de Daniel Lima




E porque gosto de maio, 
         não gosto de des-maio, 
               e amo junho também
e o fogo e os fogos e as fogueiras
               e o ar festivo de junho 
         e as mudanças de humor  
               e as saudades de junho. 




         Todo mundo foi criança  
e, pois, todos tiveram junho, 
          todos sofreram junho. 




          As lembranças de junho doem
                                                em todos. 
Os amigos, as fogueiras, o fogo, os fogos, 
          a infância de junho. 




(Do Catálogo e Agenda 2012 da CEPE) 






_________________________________________
Fragmento do poema "Zodíaco",
do livro POEMAS, de Daniel Lima
- Companhia Editora de Pernambuco - CEPE / 
Secretaria da Casa Civil / Governo de Pernambuco,
Recife, PE, 2010.