domingo, 7 de junho de 2015

"PALMARES ! RETRATOS DE UMA ALMA", de José Bartolomeu Miranda Maciel





     Surge, com extrema sensibilidade, mais uma voz lírica a propagar poesia oriunda da "Terra dos Poetas. Isso espelha a vivência das tradições dessa fecunda região no que se refere ao campo da arte literária.   Credencia-se José Bartolomeu Miranda Maciel (Bartô) com a obra PALMARES ! RETRATOS DE UMA ALMA,,,, oficializa-se a sua carreira de literato.  

     Observei os textos constantes do exemplar e verifiquei a fluência sentimental predominantemente romântica de um poeta que exala o furor de suas emoções.  Vejamos : "Quando os nossos olhos apaixonados se encontravam, / Eram as nossas almas que se beijavam em silêncio."  Esse romantismo é influenciado em parte pelas canções de Roberto Carlos (simplesmente o Rei da Canção Popular Brasileira), do qual Bartô é fã incondicional.  Em comentário, o autor traduz a sua disposição de pensamento ao afirmar que centelha "fotografias de momentos que revelam sentimentos"  :  com isso, no mais abissal da alma, aparecem o delírio e a sensatez.  Nota-se ainda uma carga filosófica : "Por que o homem pensa que sabe tudo / Quando nem sabe dele mesmo ?"   Ressaltem-se os versos "A vida passa como uma eterna fantasia... / ("Demagogia, a roupa da humanidade !..." / "A ambição mata a fraternidade" !"   Bartolomeu nos mostra também uma forte consciência política, ou seja, sabe o dever de cidadão.  Numa visão politizada, discorre sobre o contexto cultural de Palmares em determinado momento : fala da relevância do conhecimento, da arte e critica as desigualdades.

     A saudade prepondera quando o poeta faz alusão ao Engenho Beleza, ao Goiabeira e ao Gravatá. Segue o filme da vida : lembra a Escola Fraternidade Palmarense, o Ginásio Municipal Fernando Augusto Pinto Ribeiro, a Famasul, a Serraria São José, a Cerâmica Sapucaia, o Bar de Zé Mago, A Churrascaria A Carolina... Percebe-se o transbordo emocional quando nos presenteia com alguns detalhes do MANGUEIRÃO, marco de festejos e vivências.  Então, vemos um homem de aguçada memória, isso é importantíssimo para um escritor.

     O poeta nos contempla com este livro PALMARES ! RETRATOS DE UMA ALMA... em um momento de efervescência : a literatura está em relevo com a instalação da Academia Palmarense de Letras.  Vamos aproveitar a leitura e nos envolver junto com o poeta nessa prazerosa viagem que resolveu compartilhar conosco.  Boa leitura !  

(Apresentação de IOLITA CAMPOS) 


______________________________________________________________
Texto transcrito do livro PALMARES ! RETRATOS DE UMA ALMA, 
lançado pela Edições Bagaço (Recife), com apoio da Fundação Casa da 
Cultura Hermilo Borba Filho / Prefeitura Municipal dos Palmares, 
nesse sábado, dia 6 / junho / 2015, às 20 horas, no Teatro Cinema Apolo, 
Centro - Palmares - PE. 
Homenagem ao Aniversário da TERRA DOS POETAS 
(Terça-feira, dia 9 de Junho)