sexta-feira, 27 de novembro de 2009

POESIA VIVA DA CIDADE : mais de 10.000 acessos

O blog POESIA VIVA DA CIDADE (http://www.jcorreya.blog-se.com.br/), publicado no portal COMUNIQUE-SE (http://www.comunique-se.com.br/), já registra mais de 10.000 (dez mil) acessos. Na blogosfera do mundo de hoje sabemos que os números, para que despertem mais atenção, chegam às centenas de milhares ou só valem a pena de meio milhão pra lá... Mas, em matéria de poesia, de leitura de poesia, de interesse por poesia, do Brasil e no Brasil, creio que um número de acessos de comprovado interesse de leitores como o nosso blog já registra - uma página muito simples, sem sofisticação, sem ilustração, apenas veiculando o texto poético, como um panfleto impresso de uma cor - merece um pouco de atenção e um registro especial. E é preciso levar em conta que o número de poetas/poemas publicados (um pouco menos de 50) ainda é pequeno...
Criado para divulgar exclusivamente poemas escritos sobre as cidades brasileiras - uma ênfase natural para a produção poética contemporânea e urbana que retrata e releva as cidades do nosso País - o blog POESIA VIVA DO RECIFE, link deste Jornal do Juareiz, desde março de 2008 tem publicado autores que escrevem sobre o Recife, Natal, São Paulo, Porto Alegre, Olinda (PE), Palmares (PE). E está aberto - inclusive contando com a sugestão / colaboração dos leitores - para divulgar poemas sobre qualquer cidade brasileira. Escrevam e enviem textos selecionados, publicados ou inéditos, por e-mail, para juareizcorreya@hotmail.com ou jbcorreia@limao.com.br
Vale a pena lembrar estes poetas já publicados no blog : Abel Menezes Filho, Alberto Lins Caldas, Cesar Leal, Antonio de Campos, Vilmar Carvalho, Ascenso Ferreira, André Luiz de Castro, Antonio Botelho, Cida Pedrosa, Feliciano Junior, Fernanda Jardim, Luciano Nunes, Marcílio Medeiros, Mariana Arraes, Paulo Bruscky, Celina de Holanda, Jaci Bezerra, de Pernambuco; Dorian Gray Caldas, Clotilde Tavares, Iracema Macedo, do Rio Grande do Norte; Dalila Teles Veras, Cláudio Feldman, Álvaro Alves de Faria, Caio Porfírio Carneiro, Levi Bucalem Ferrari, Frederico Barbosa, Maria Rita Kehl, Ilka Brunhilde Laurito, Glauco Mattoso, Jurema Barreto de Souza, Ulisses Tavares, Rosani Abou Adal, Otoniel Santos Pereira, de São Paulo; Luiz de Miranda, do Rio Grande do Sul. (JUAREIZ CORREYA)

__________________________________
Transcrito do blog JORNAL DO JUAREIZ
- http://blig.ig.com.br/juareizcorreya -
Postagem de 26/11/2009.

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

NATAL E PALMARES

Publiquei, na Revista da Academia Norte Rio-Grandense de Letras (Natal, RN, 2005), dirigida pelo poeta, contista e memorialista Manoel Onofre Jr., o artigo NATAL E PALMARES, ressaltando as correspondências, coincidências, relações culturais e históricas, verdadeiros laços de amizade que as duas cidades estabeleceram ao longo de todo o Século 20. O próprio Manoel Onofre Jr. me ofereceu dados importantíssimos, que eu fiz questão questão de publicar no artigo, enriquecendo-o, tendo em vista que as suas informações confirmavam a notável presença de palmarenses em Natal e de potiguares na "terra dos poetas" da Mata Sul pernambucana. Encerrei o artigo transcrevendo este trecho destacado de comentário de um jornalista local publicado, em 19/agosto /2003, em periódico do Recife :
"Embora o governo que lançou, ontem, seu programa de recuperação de quase 10 mil quilômetros de estradas esteja falando na duplicação da BR-101 no trecho Salvador (BA) - Natal (RN), convém lembrar que hoje, no Ministério dos Transportes, só existe este projeto para o trecho Natal até Palmares (PE), ainda assim dependente de autorização para a conclusão de licitação para o projeto de engenharia (...) A duplicação entre Natal e Palmares reduziria o tempo de ligação entre os três Estados... (grifo meu)
A leitura, em setembro deste ano, da excelente reportagem publicada pelo DIARIO DE PERNAMBUCO - "Caminhos da BR-101" -, em várias partes, durante uma semana, confirmou e me fez ver a concretização de tudo isso. Mais sólidas e agora comprometidas com o futuro dos três Estados intimamente ligados pelo Corredor Nordeste (Rio Grande do Norte-Paraíba-Pernambuco), as relações entre Natal e Palmares têm boas histórias, vividas desde os tempos de Murillo La Greca, Ascenso Ferreira e Hermilo Borba Filho.
No lançamento da primeira edição do meu livro ASCENSO, O NORDESTE EM CARNE E OSSO, em Natal, no ano de 1998, na Academia Norte Rio-Grandense de Letras, o poeta e pintor Dorian Gray Caldas me procurou para fazer uma revelação : o pintor palmarense Murillo La Greca era, segundo suas pesquisas, uma presença pioneira na história das artes plásticas do Rio Grande do Norte. Eu não sabia. E, em companhia de Manoel Onofre Jr. e do poeta e dramaturgo Racine Santos, lembramos as figuras do poeta Ascenso Ferreira e do dramaturgo, diretor teatral e romancista Hermilo Borba Filho, também palmarenses, que haviam trilhado caminho idêntico ao de Murillo La Greca : nasceram na cidade pernambucana de Palmares, se projetaram no Recife e participaram da vida das artes plásticas, da poesia e do teatro da cidade de Natal em décadas distintas do Século 20. Está mais do que provado na documentação existente sobre o relacionamento de Murillo La Greca com os artistas natalenses, na década de 20, de Ascenso Ferreira com Câmara Cascudo e Veríssimo de Melo, nas décadas de 40 e 50,
e de Hermilo Borba Filho com o grupo do Teatro Escola de Natal e com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, na implantação do Curso de Teatro, na década de 60.
Histórias que desconhecemos e outras histórias que nascerão com as conexões diretas entre as duas cidades, por meio do Corredor Nordeste, vão iluminar o nosso imaginário, no futuro, e exigir dos cronistas, contistas, memorialistas e poetas nordestinos mais compromisso com a humanidade desta região em sua nova geografia.

Juareiz Correya
______________________________________________________
Artigo publicado na página Opinião / DIARIO DE PERNAMBUCO
(Recife, sexta-feira, 20 de novembro de 2009)

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Programa BNB de Cultura / Parceria BNDES, edição 2010, patrocina 35 projetos de Literatura

Associações (10), Autarquia Universitária (1), Centros Culturais (2), Escolas (2), Fundações (2), Instituto (1), Movimento Cultural (1), Oficina (1), Prefeituras (6), Sociedade Assistencial (1), Editora (1) e Escritores (7) tiveram projetos, na área de Literatura, aprovados pelo Programa BNB de Cultura / Parceria BNDES para realização em 2010. O programa destinará, a partir de janeiro do próximo ano, um total de R$ 800.000,00(oitocentos mil reais) para a execução dos 35 projetos aprovados. Do Estado da Bahia foram aprovados nove projetos, oito de Pernambuco, dois da Paraíba, quatro do Piauí, quatro do Ceará, cinco do Rio Grande do Norte, um de Alagoas e dois projetos do Maranhão.
Esta é a relação dos projetos divulgada no site do BNB - Banco do Nordeste do Brasil S/A (http://www.bnb.gov.br) :
AHIAV - Associação Hãhãhãhãe Indígena de Água Vermelha / "Biblioteca Hããhãe Indígena de Água Vermelha" (Pau Brasil, BA); ARTEPE - Associação de Realizadores de Teatro de Pernambuco / "Leiturarte" (Recife, PE); Associação de Cidadania e Inclusão Social - ACIS / "Lendo e Fazendo História" (João Pessoa, PB) ; Associação de Moradores Quilombolas de Santana - AMQS / "Ler, pensar, criar : Biblioteca rural como agente de mudança na comunidade quilombola de Santana" (Salgueiro, PE); Associação dos Agricultores do Sítio Baixio da Cacimbinha / "Possibilidades de mudanças : valorização da leitura e do conhecimento na comunidade de Baixio da Cacimbinha" (Salgueiro, PE); Associação dos Amigos da Arte, Ciência e Cultura de Arneiroz - Grupo Arte Jucá / "É tempo de poesia na terra do sol maior" (Arneiroz, CE); Associação dos Amigos da Biblioteca Ailda Cunha / "Leitura e lazer" (Floriano,PI) ; Associação dos Deficientes Físicos e Auditivos Campomaiorense - ADEFAC / "Saber viver e ler com as diferenças" (Campo Maior, PI); Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco / "Livro Janeiro de Grandes Espetáculos" (Recife, PE); Associação Sócio Cultural Universos / "O Orfismo no País dos Mourões" (Fortaleza, CE); Autarquia Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB / "NIB- Núcleo de Inclusão da Biblioteca da UESB - Vitória da Conquista - BA" (Vitória da Conquista, BA); Bagaço Design Ltda / "Nossas Histórias" (Recife, PE); Cais do Parto : Centro Ativo de Integração do Ser / "Suely Carvalho parteira tradicional e suas comadres" (Olinda, PE); Caixa Escolar da Escola Municipal Professora Maria Ester Paiva / "Biblioteca Viva : para a formação de leitores autônomos (ampliação do acervo e informatização)" (Ceará Mirim, CE); Centro da Juventude Santa Cabrini / "Biblioteca Cabriniana" (Teresina, PI); Escola Municipal de Primeiro Grau Cristo Redentor / "Leitura e Escrita, passaporte para o prazer" (Itamaraju, BA); Fundação Casa de José Américo - FCJA / "Organização Sistemática da Biblioteca Pessoal de José Américo" ( João Pessoa, PB) ;Fundação Pedro Calmon -Centro de Memória e Arquivo Público da Bahia / "Tecendo caminhos para a leitura" (Salvador, BA); Ildney de Fátima Souza Cavalcanti / "Jornalismo literário em Alagoas" (Maceió,AL) ; Instituto Zulmirinha Veras / "Colhendo leitores" (Alexandria, RN) ; Marcelo Henrique Flecha / "Dramaturgia reunida : cinco anos em cinco textos" (São Luís, MA); Maria Lúcia Pessoa Sampaio / "BALE - Biblioteca Ambulante de Literatura nas Escolas" (Pau dos Ferros, RN); Movimento Cultural Boca do Lixo / "Biblioteca Multicultural Nascedouro" (Olinda, PE); Oficina da Notícia Ltda / "VI Feira do Livro de Mossoró" (Natal, RN); Paulo André Viana da Silva / "A incrível viagem de contar histórias" (Olinda, PE); Prefeitura Municipal de Baixa Grande / "Nossa terra, nossa gente" (Baixa Grande, BA); Prefeitura Municipal de Central / "Biblioteca Comunitária de Palmeiras" e "Biblioteca Comunitária de Mandacaru" (Central, BA); Prefeitura Municipal de Major Sales / "Clube de leitura : paixão de ler, prazer de brincar" (Major Sales, RN); Prefeitura Municipal de Missão Velha / "Reboco de letras" (Missão Velha, CE); Prefeitura Municipal de Vila Nova do Piauí / "IV Congresso Regional de Produção e Difusão da Cultura Regional" ( Vila Nova do Piauí, PI); Sharlene Lopes Serra / "Inclusão a partir da leitura" (São José de Ribamar, MA); Sociedade de Assistência aos Cegos / "Modernização da Imprensa Braille Rosa Baquit" ( Fortaleza, CE); Thydewa / "Índios na visão dos índios : potiguara" (Salvador, BA); Vanderléa Andrade Pereira / "Mundinho do rio" (Juazeiro, BA).
Os projetos da área de Literatura foram selecionados por esta comissão de avaliadores : Feliciano José Bezerra Filho (Piauí), Raimundo Carrero de Barros Filho (Pernambuco), Simone Cavalcante de Almeida (Alagoas), Ana Cristina Marinho Lúcio (Paraíba) e José Abimael da Silva (Rio Grande do Norte).