sábado, 28 de dezembro de 2013

BIBLIOTECH : a primeira biblioteca pública dos Estados Unidos sem livros impressos





     A primeira biblioteca pública totalmente digital dos Estados Unidos foi aberta recentemente no condado de Bexar County, no Estado do Texas. Agora,  1 milhão e 700 mil habitantes da região podem acessar gratuitamente o acervo com cerca de 10 mil obras.  Melhor, para ter acesso aos livros não é necessário se locomover até o prédio físico, basta acessar a Internet.

     O projeto BIBLIOTECH foi desenvolvido pelo juiz Nelson Wolff, um amante da literatura e colecionador de obras raras, também responsável por levar ao condado uma biblioteca com livros impressos de US$ 38 milhões na década de 1990.  A nova empreitada custou apenas US$ 2,4 milhões. "Eu olho hoje para aquela biblioteca e fico orgulhoso, mas penso : o que vamos fazer com ela ?", disse Nelson Wolff sobre a sua antiga obra, em entrevista ao site CNet. 

     O prédio físico da BIBLIOTECH se localiza na cidade de San Antonio. Para funcionar durante 8 horas diárias, a biblioteca tem apenas duas funcionárias, as jovens Ashley Eklof e Catarina Velasquez.  "Nós podemos focar nas necessidades da comunidade e não temos que lidar com os processos físicos dos livros", explicou Ashley.


CONDIÇÕES DE USO 

     Para ter acesso ao acervo, os moradores do condado podem se registrar online e baixar os títulos em seus próprios tablets e computadores.  Caso a pessoa não tenha acesso à Internet ou precise de "leitores", pode se dirigir à sede física da biblioteca.  

     Estão à disposição da população 800 e-readers, sendo 200 especiais para crianças, 48 computadores, 10 laptops e 40 tablets.  Os "leitores" podem ser emprestados por duas semanas e eles já vão carregados com as obras escolhidas.  Caso não sejam devolvidos no prazo, o usuário recebe multa diária de U$ 1 até o 14o. dia. A partir de então, o aparelho é dado como perdido e a multa de U$ 150 é adicionada à conta.

     A duração do empréstimo dos livros digitais é de 14 dias, mesmo que baixados no leitor próprio do usuário.  A partir desse período, a obra é excluída do software utilizada para distribuição e leitura.    


(Divulgação de Roberto Azoubel /
 REDE NORDESTE LLL -
 livreiros-e-editores-do-nordeste@googlegoups.com) 

____________________________________________________ 
Transcrito do GLOBO.COM / 
http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed775