quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

AMERIC'AMAR, de Carlos Seixas








Minha'América 
herege no ar 
veste a roupa 
vem cá bailar  


Mostra a raça 
esteio deste nome 
fome do teu ardor  


E o sonho 
se realizar 
quero o mundo 
a te amar  


Ereta a forma 
ao te esculpir 
o sonho 
em realidade 
há de vir     



_________________________________________________
CARLOS SEIXAS me enviou este poema, 
 há poucos dias, com a informação 
de que é "baseado em Americanto Amar 
América", meu poema lançado no Recife em 1975.
O poeta é amazonense, de Manaus, 
e vive há um bom tempo no Recife, onde estudou
 na Universidade Federal de Pernambuco - UFPE. 
Escreve poesia há mais de 30 anos.  

domingo, 19 de fevereiro de 2017

PEQUENAS HISTÓRIAS PEQUENAS, de Juareiz Correya (texto de Albuquerque Pereira)





PEQUENAS HISTÓRIAS
 PEQUENAS 
(ebook), de Juareiz Correya  



     Cada qual a mais fornida, essas Pequenas Histórias Pequenas poderiam ser chamadas de "Grandes Histórias Pequenas", porque são narrativas tão breves quanto ricas em estilo e conteúdo.  

          O jeito saboroso que tem o autor de intercalar frases transmuda cada descrição numa espécie de tela de cores e sons em movimento.  

        O coloquial preside sua linguagem, impressionante também pela precisão.  Em "A Vingança", por exemplo, Juareiz não se contenta em dizer que "todos morreram". Ele afirma que "não escapou uma só pessoa" e reafirma, em seguida, que "não ficou um só vivente". Depois disso não resta nenhuma dúvida de que "a cidade foi completamente destruída". 

      De repente dana-se Juareiz a inventar textos e contextos fabulosos, onde as palavras mais surpreendentes criam situações de quebra-cabeça para um leitor desprevenido do dom de lidar, num mesmo escrito, com famílias tipográficas de tamanha variedade de feições e corpos.  

         Por aí se vê  que não é com Juareiz a escrita bem-comportada, insossa, repetitiva.  Antes de tudo ele é um novidadeiro e daí o seu reconhecido ascenso na cena literária de Pernambuco, uma escalada que sabe aos seus imortais conterrâneos Ferreira - de "Oropa, França e Bahia" - , e Hermilo Borba Filho - "Um Cavalheiro da Segunda Decadência" -, isto para falar só dos já encantados.   

          Enfim, Juareiz é uma das vozes da inteligência palmarense que, irmanadas em coro, falam de Palmares para o mundo... 



______________________________________________________
ALBUQUERQUE PEREIRA  é jornalista, com uma 
longa experiência no rádio e na televisão pernambucana, 
poeta, contista e memorialista. Prepara o lançamento, 
em breve, do seu primeiro ebook : 
ORAÇÃO PELO ÍNDIO (Poema Brasileiro), o primeiro 
título da sua tetralogia de poesia épica,  iniciada 
no século passado.