quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

"FESTIVAL LITERÁRIO DA MATA SUL DE PERNAMBUCO" não será realizado em Palmares







HERMILO BORBA FILHO 
(Contracapa do livro 
"Sete Dias a Cavalo") 
- Porto Alegre, RS, 1975




          Idealizado para realização em homenagem ao Centenário de Nascimento do Escritor Hermilo Borba Filho, em Palmares (PE), neste ano de 2017, o FESTIVAL LITERÁRIO DA MATA SUL DE PERNAMBUCO (FestSul - PE) não será realizado na  cidade natal (Palmares) deste escritor que a projetou, nacional e internacionalmente, em romances e contos publicados no Brasil, França e Argentina, na segunda metade do Século 20.  

          A decisão é do idealizador do projeto, o escritor e editor palmarense Juareiz Correya, ex-presidente da Fundação Casa da Cultura Hermilo Borba Filho, da Prefeitura Municipal dos Palmares,  em períodos das administrações de Luís Portela de Carvalho (1984 a 1987) e de Francisco de Assis Rodrigues (1997 a 2004). Ele informa que está adiando o FestSul - PE para setembro de 2018, a ser realizado em outro município da Mata Sul e em homenagem a outro escritor da região.  

          "A nossa Mata Sul é literariamente rica e o FestSul - PE tem o objetivo de relevar os seus mais destacados criadores. Infelizmente, no ano do Centenário de Nascimento de Hermilo, o projeto não poderá ser realizado na sua cidade natal", lamenta o autor do projeto de criação (em 1983) da Fundação Casa da Cultura Hermilo Borba Filho, da Prefeitura Municipal dos Palmares.